Data: 12 de Março de 2020

Assunto: Competições Nacionais – LPLOL

Os clubes FTW Esports e EGN Esports após uma breve reunião deliberaram conjuntamente a não presença “offline” nas grandes finais do Spring Split da Worten Game Ring LPLOL, tendo como alternativa os clubes sugeridos à Inygon (promotora da competição) a realização via online.

Ambos os clubes já se encontram qualificados para a European Masters, independentemente da classificação final nacional, e não podemos correr os riscos de nenhum dos nossos atletas contrair o vírus SARS-COV-2, podendo isso, pôr em causa a representação de cada um dos clubes e de Portugal numa competição importantíssima a nível Europeu.

A presença offline iria implicar deslocações de atletas e staff de todos os pontos do país, inclusive, viagens de avião entre a Madeira e o continente, não tendo os clubes forma de assegurar a 100% a segurança dos seus atletas na criação de ambientes inócuos passíveis de transmissão do mencionado vírus; é um risco que não vamos correr.

Asseguramos garantidamente umas grandes finais entre as duas equipas que representam os clubes, que de certo, todos os fãs e adeptos desta modalidade vão querer assistir.

Pretendemos deixar um pequeno reparo ao comunicado feito anteriormente para que não haja más interpretações quanto a acção da empresa organizadora e promotora da WGR LPLOL. Em momento algum foi colocado qualquer elemento de negatividade/contrariedade pelos mesmos, bem pelo contrário, sempre houve linhas de diálogo quanto à melhor resolução para a questão. Todas as partes estão a trabalhar em conjunto para a melhor resolução e para garantir que a final possa decorrer com todo o mérito e espetáculo que uma final merece mas também com a seriedade a que já estamos habituados na WGR LPLOL produzida pela Inygon.

Ramiro Teodósio, CEO FTW Esports: “Não se podia esperar algo de diferente entre dois clubes históricos nos desportos eletrónicos nacionais. Não obstante a tentativa falhada de alguns infortunados tentarem promover a discórdia ou mal-estar, a relação institucional entre FTW e EGN sempre foi positiva, prática, assertiva e pragmática, sendo assim, fácil chegar a acordo de uma forma consciente e racional em prol do bem-estar dos nossos atletas e staffs.”

Pedro Ferreira, CEO EGN Esports: “Para a EGN ESPORTS a segurança dos seus atletas e staff é primordial e tendo em conta a situação atual, não só no nosso país, mas em todo o mundo, não há outra decisão a tomar. Ressalvo a capacidade de comunicação entre os dois clubes que há muito competem frente a frente e trabalham lado a lado, para um ecossistema melhor em Portugal e no qual uma vez mais, se revê o comportamento assertivo de ambas as partes. Aproveitamos para aconselhar vivamente a manutenção da calma nesta situação e a correta análise dos protocolos a seguir em casos de risco e de suspeita de contágio.”

A administração EGN ESPORTS.

Cristiana Chaves
Março 12, 2020
Cristiana Chaves

Cristiana Chaves

Comecei desde muito cedo o contacto com os videojogos e tecnologias, ingressei e representei algumas equipas. A par com o meu trabalho atual (Marketing, Design e Multimedia), encontra-se o CS:GO. Juntando o útil ao agradável decidi aceitar este desafio de poder dar o meu contributo à EGN e sei que juntos teremos inúmeras vitórias. #BeEGN

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *